Africa Basquetebol

03 julho 2015

ANGOLA : Dinis define objectivo para os Jogos Africanos


Técnico Carlos Dinis quer formar um grupo coeso para conquistar os Jogos Africanos
Fotografia: M.Machangongo
A conquista da X edição do Jogos Africanos do Congo Brazzaville, prova a decorrer de 09 a 18 de Setembro, constitui prioridade premente da Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos (B), de acordo com o seleccionador nacional, Carlos Dinis.

O técnico principal do Atletico Sport Aviação (ASA) fez esta revelação ontem, durante a apresentação do combinado nacional, realizada numa das salas de reuniões do órgão reitor da modalidade, sita no Complexo da Cidadela Desportiva , em Luanda.

Dos 26 atletas convocados para operação Congo Brazzaville, apenas cinco marcaram presença na FAB, designadamente, Jerson Gonçalves, Paulo Barros, Gerson Domingos, Ricardo Ucuahamba, filho do antigo internacional angolano, Benjamin Avô, e Alexandre Jungo, este último campeão africano de sub-16.

Os trabalhos de preparação começam a partir de segunda-feira, dia 06 de Julho, como fez saber o vice-presidente para as selecções nacionais da Federação, Eurico Araújo “Boneco”.
Ainda de acordo com o dirigente federativo, sendo a organização dos Jogos Africanos  uma responsabilidade do Ministério da Juventude e Desportos, caberá aquele organismo criar todas as condições logísticas para uma preparação cuidada,  com vista a um desempenho airoso, que passa pela conquista do troféu dos X Jogos Africanos.

Em declarações à comunicação social, Carlos Dinis, técnico que mais uma vez foi chamado para conduzir Angola a um evento internacional, reiterou a aposta na conquista do título, tendo explicado igualmente o porquê da chamada de 26 atletas.
"De facto não é um número elevado, uma vez que nós temos que inscrever para a competição 20 atletas, e depois perceber também que a federação tem controlado um número de atletas dos 16 ao 20 anos que têm de estar em constante preparação.

Com base nisso, vamos preparar alguns jovens que num futuro muito próximo sirvam a Selecção A. Penso que o grande objectivo passa necessariamente pela conquista do troféu, porque normalmente é o que Angola se compromete fazer em competições africanas”, disse o seleccionador nacional.                                 
M.C

9 Comments:

Enviar um comentário

<< Home