Africa Basquetebol

20 maio 2015

ANGOLA : Mingas coloca Libolo em vantagem

Com um lançamentos certeiro de dois pontos ao suar do apito no derradeiro quarto, protagonizado pelo internacional angolano, Eduardo Mingas, a formação do Recreativo do Libolo venceu ontem, em pleno Pavilhão Victorino Cunha, a equipa do 1º de Agosto, por 86-84, na primeira partida dos playoffs da meia-final da 37ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos (BIC Basket), a melhor de cinco.
Tal como se esperava, as duas agremiações entraram para a quadra determinadas em proporcionar aos amantes da modalidade uma grande partida de basquetebol.
Os campeões nacionais foram os primeiros a inaugurar o placard, mas a equipa militar, que pela primeira vez na presente época desportiva contaram com uma avalanche de adeptos que quase lotou a bancada suplementar, reagiu à entrada do minuto dois do quarto inicial.
O primeiro período foi jogado sob o signo de equilíbrio. Aliás, o empate a 19 pontos atesta perfeitamente o equilíbrio verificada nesta etapa da partida. Houve oito igualdades nos primeiros 24 minutos (2-2, 4-4, 13-13, 17-17, 19-19, 24-24, 35-35, 36-36).
O equilíbrio voltou a prevalecer no segundo quarto, principalmente, nos primeiros oito minutos. Os últimos quatro minutos foram dominados pela equipa forasteira, que esteve bem nos lançamentos a longa distância, ao contrário do seu opositor.
Face a ineficácia nos lançamentos a longa distância, a equipa rubro-negra privilegiava o jogo interior, onde o norte-americano ao serviço da turma militar fazia das suas, ante a passividade da defensiva contrária.
Em 24 minutos, o Clube Central das Formas Armadas Angolanas converteu apenas um lançamento a longa distância, por intermédio do jovem Edmir Lucas.
A quantidade de lançamentos a longa distância falhados permitiu à equipa campeã nacional e africano terminar os primeiros 24 minutos na liderança do marcador (36-42). Dos 14 lançamentos que efectuou, os militares converteram apenas um.
Já a formação do Libolo, liderados pela dupla Carlos Morais e Olímpio Cipriano em dez lançamentos converteram quatro.
Roderick Nealy, com nove pontos, esteve em destaque na formação militar, ao passo que no Libolo, Valdelicio Joaquim, com onze pontos, Eduardo Mingas e Vladimir, ambos com dez pontos, mostravam serviço na equipa forasteira.
No terceiro período, Paulo Macedo apostou em Reggie Moore que "queimou" o banco nos primeiros 24 minutos, e Felizardo Ambrósio "Miller" para cuidarem do zona baixa da tabela. A aposta surtiu efeito desejado, dado que os libolenes ficaram em "jejum" durante os primeiros quatro minutos, tendo a equipa caseira igualado o placar a 42 pontos.
Fruto do rigor defensivo, a equipa militar conseguiu neste período um parcial de 21-17, o que perfez 57-59, ao fim do terceiro quarto.
Sem o apoio dos adeptos que incompreensivelmente só apoiavam quando a equipa tivesse em vantagem no placar, os militares passaram por sufoco nos minutos finais da partida.
Eduardo Mingas num lance feliz, depois do falhanço do Olímpio Cipriano tratou de oferecer a vitória ao Libolo. 84-86 foi o resultado final, quando a 15 segundos do fim as equipas se encontravam igualadas 84 pontos.
As experiências de Reggie Moore, Armando Costa, Riderick Nealy foram insuficientes para levar de vencida a equipa de Calulo.
Nealy, com 23 pontos foi o cestinha da partida, seguido Edson Ndoniema com 17 pontos.
O trio de arbitragem constituído por David Manuel, Clésio Francisco e Mbunga Pedro com um ou outro erro não teve influência no resultado final.
Na outra meia- final, disputada igualmente ontem, mas no Pavilhão Principal da Cidadela, o Atlético Petróleos de Luanda derrotou o Atlético Sport Aviação (ASA), por 88-75, quando ao intervalo perdia por 42-44.

FICHA TÉCNICA

Pavilhão: Victorino Cunha
Comissário: Tony Sofrimento
Arbitragem: David Manuel, Clésio Francisco e Mbunga Pedro

1º de Agosto: Francisco Sousa (2), Edson Ndoniema (17), Armando Costa (7), Johne Pedro (3 ), Reggie Moore (11 ), Felizardo Ambrósio "Miller" (2), Joaquim Gomes "Kikas" (4), Hermenegildo Santos (0 ), Edmir Lucas (7), Islando Manuel (0), Mohamed Cissé (8), Roderick Nealy (23).
Treinador: Paulo Macedo

Libolo: Olímpio Cipriano (13), Luis Costa (0), Carlos Morais (15), Emir Felix (0), Vlademir Pontes (11), Braúlio Morais (1), Ezequiel Silva (0), Valdelício Joaquim (17), Eric Coleman (8), Filipe Abraão (2), Eduardo Mingas (19), Joseney Joaquim (0).
Treinador: Norberto Alves

Marcha do marcador: 19-19,  36-42, 57-59, 84-86

5 Comments:

Enviar um comentário

<< Home