Africa Basquetebol

17 novembro 2013

ANGOLA : Federação exige garantia bancária

                        
A Federação Angolana de Basquetebol vai exigir garantias bancárias a todas as equipas nacionais
Fotografia: José Soares
A Federação Angolana de Basquetebol vai exigir garantia bancária a todas as equipas nacionais, que queiram participar no campeonato nacional sénior masculino, o BAI Basket. A revelação é do presidente da instituição, Paulo Madeira.
O responsável máximo da instituição esclareceu que a FAB vai exigir regularmente uma base administrativa, que garanta a participação sem criar problemas na programação futura da competição.
“Deve ser feita numa modalidade a acordar com as equipas e vamos trabalhar com alguns clubes para competirem ao mais alto nível no BAI Basket”, disse.
O processo de integração das equipas na principal prova já começou na cidade do Lubango, província da Huíla, onde a direcção técnica da FAB acompanha a realização da I edição da II divisão do campeonato nacional sénior masculina. A prova decorre até ao dia 23 do corrente e vai apurar os dois primeiros classificados ao BAI Basket 2014/2015.

Oito equipas divididas em dois grupos concorrem às duas vagas da principal competição nacional. Na série A, o Misto da Huíla, Clube Desportivo da Huíla, Amigos de Viana e 1º de Maio de Benguela. Na série B, Casa do Pessoal do Porto do Lobito, Heja Sport Clube da Huíla, Misto do Bié e Sporting de Benguela, procuram a qualificação na prova que decorre no pavilhão gimnodesportivo do Benfica do Lubango.
As duas últimas equipas da presente edição do BAI Basket vão descer de divisão para dar lugar a duas outras que disputam as vagas no Lubango, de acordo com Paulo Madeira.

5 Comments:

Enviar um comentário

<< Home