Africa Basquetebol

05 setembro 2010

ANGOLA : Angola treina com boa disposição para os Estados Unidos


A Selecção Nacional de Basquetebol em seniores masculinos realizou ontem, a partir das 12h00 (10h00 em Angola), o seu primeiro treino em Istambul, local onde decorre a segunda fase da XVI edição do Campeonato do Mundo da modalidade. Na sessão de treino, bastante concorrida quer pela imprensa nacional, como pela estrangeira, foi notória a alegria e, sobretudo, o espírito de união que reina no seio dos decacampeões africanos que voltam a cruzar o caminho dos Estados Unidos da América, numa fase final de um Campeonato do Mundo, em menos de cinco anos.

O último confronto entre as duas nações, aconteceu em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, República Popular da China. Ontem, na primeira sessão de treino, por sinal a única do dia, que não contou com a presença do lesionado Olímpio Cipriano (ver peça a parte), o seleccionador nacional, Luís Magalhães, coadjuvado pelos seus adjuntos Paulo Macedo e Walter Costa, voltou a aprimorar os diagramas defensivos e ofensivos dos campeões africanos, que amanhã defrontam os norte-americanos, partida referente aos oitavos-de-final da XVI edição do Campeonato do Mundo da “bola ao cesto”, que a partir da próxima edição, a ser realizada em Espanha, vai mudar de designação.

A sessão começou com a recreação com bola, a que se seguiu os habituais exercícios de alongamento. Posteriormente, o seleccionador nacional repartiu o grupo em dois e foi realizada um jogo-treino de aproximadamente quarenta minutos. Hoje, domingo, os decacampeões africanos têm agendado duas sessões de treinos.

Cipriano continua
sob cuidados médicos

O extremo base, Olímpio Cipriano, que contraiu uma lesão nos adutores da perna esquerda, na última quarta-feira, no triunfo histórico frente à selecção da Alemanha, tendo falhado o jogo da derradeira jornada da fase preliminar do mundial, foi o grande ausente na primeira sessão de treino realizada na cidade de Istambul, novo quartel-general da selecção angolana.

Apesar de marcar presença no Pavilhão de treinos em Istambul, o extremo base do Recreativo do Libolo e da Selecção Nacional não fez parte da sessão por precaução, face à gravidade da sua lesão. Na ponta final da sessão de treinos, “Kobe Bryan”, como também é chamado nas lides da “bola ao cesto”, com uma ligadura elástica na coxa esquerda, entrou para a quadra e efectuou alguns lançamentos a curta e longa distância.

Matamba fala em possível recuperação

A utilização do extremo base Olímpio Cipriano no desafio de amanhã, frente aos Estados Unidos da América, referente aos oitavos-de-final da XVI edição do Campeonato do Mundo de Basquetebol em seniores masculinos que se disputa na Turquia, depende muito do estado evolutivo do atleta nas próximas 24 horas, de acordo com Agostinho Matamba, médico dos decacampeões africanos. Em declarações à imprensa, no final da primeira sessão de treino de ontem, o ex-internacional angolano, agora nas vestes de médico do cinco nacional, afirmou que dado a gravidade da lesão, o atleta corre o risco de ficar de fora dos convocados.

“Se o jogo fosse hoje (ontem) seguramente que o Olímpio Cipriano não poderia jogar devido à gravidade da sua lesão. E digo mais: vamos imaginar que a partida tivesse sido alterada para amanhã (hoje). Ainda assim ele ficaria igualmente de fora”, adiantou Agostinho Matamba. Olímpio Cipriano que foi o cestinha da partida (30 pontos), na vitória frente a Alemanha, está com uma inflamação na coxa esquerda.

4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home