Africa Basquetebol

06 maio 2013

ANGOLA : Petro "condenado" a regressar às vitórias

                       
Petro, orientada tecnicamente pelo camaronês Lazare Adingono
Fotografia: Jornal dos Desportos
Depois de ter averbado duas derrotas consecutivas, a equipa do Petro de Luanda retoma hoje, a sua preparação, tendo em vista o desafio de amanhã, frente ao Grupo Desportivo Interclube, partida onde os petrolíferos da capital estão "condenados" a vencer sob pena de estarem "afastado" da luta pela título nacional.
A formação do Petro de Luanda, orientada tecnicamente pelo camaronês Lazare Adingono, não conseguiu manter o ciclo de duas vitórias consecutivas, e somou dois desaires seguidos, situação que pode colocar em causa a conquista da edição 35 do BAI Basket. 
O Petro de Luanda somou já três derrotas, a semelhança do seu opositor de amanhã, pelo que as duas equipas estão obrigadas a conquistarem os dois pontos em disputa, para não ficarem distanciados do ceptro, em posse do Recreativo do Libolo.  As duas agremiações vão realizar hoje, mais uma sessão de treinos, visando o embate de amanhã, que se espera bastante renhido, a julgar pela qualidade dos dois planteis. Petro de Luanda e Interclube ocupam os últimos lugares da tabela classificativa, ambos com sete pontos, fruto de três derrotas e duas vitórias.  M.C

BAI Basket
Walter Costa destaca postura da equipa

As duas vitórias consecutivas conseguidas pela equipa sénior masculina do 1 de Agosto, na segunda volta da série A da "Final Four" da XXXV edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos, vulgo BAI Basket, vão galvanizar o grupo para a última parida do segundo turno da prova, prevista para amanhã, as 18h00, no Pavilhão do CODENM, frente ao Libolo, de acordo com Walter Costa, técnico-adjunto do conjunto rubro e negro.
O ex-intencional angolano, agora nas vestes de um dos adjuntos de Paulo Macedo, teceu estas considerações no último sábado, na vitória da sua equipa frente ao Grupo Desportivo Interclube, em pleno Pavilhão 28 de Fevereiro, por 91-77. "As vitórias acabam por motivar sempre o grupo e penso que não há dúvidas que este triunfo frente ao Interclube vai nos galvanizar para o embate que teremos na terça-feira (amanhã) diante do Recreativo do Libolo", disse Walter Costa.
Questionado sobre o desafio frente aos actuais campeões nacionais, o técnico-adjunto da equipa militar, assegurou que nesta fase da competição só as vitórias interessam, mas, nem sempre as coisas correm a feição, no entanto, tudo farão para ultrapassar a forte equipa do Recreativo do Libolo.
"É mais um jogo difícil, aliás, todas as partidas nesta fase da competição são sempre difíceis para qualquer equipa, dado o equilíbrio que existementre as quatro equipas que disputam o título de campeão nacional. Vamos jogar em casa e temos como é evidente, a obrigação de vencer", prognosticou Walter Costa.
Depois de ter averbado duas derrotas consecutivas, uma frente ao Interclube, por 90-93, e outra diante do Libolo, por 88-97, os militares conseguiram duas importantes vitórias, frente ao Petro de Luanda e Interclube respectivamente, por 100-80 e 91-77.
A turma militar continua na liderança da série, agora com nove pontos, seguido do Libolo, com oito,do Petro de Luanda e do Interclube que ocupam as posições imediatas, ambos com sete pontos.  Hoje, a equipa rubra e negra ensaia as estratégias para neutralizar amanhã, o Recreativo do Libolo, partida a contar para a última jornada da segunda volta do BAI Basket.

                                    SÉRIE A

                          J      V    D     PM    PS     PTS

1º 1 de Agosto   05    03   02   456    421    09
2º  Libolo           05    03   02   449    443    08
3º  Petro            05    02   03   442    468    07
4º  Interclube     05    02   03  442     456    07

3 Comments:

Enviar um comentário

<< Home