Africa Basquetebol

11 janeiro 2013

ANGOLA : Paulo Madeira toma posse


A lista B liderada por Paulo Madeira toma posse amanhã
Fotografia: Jornal dos Desportos
A lista B liderada por Paulo Madeira toma posse amanhã, em cerimónia a decorrer na província de Benguela, depois de ver suspensa a Providência Cautelar interposta pela lista B na 2ª Secção da Sala do Cível e Administrativo do Tribunal Provincial de Luanda. O comunicado assinado por Ngouabi Salvador, mandatário da lista B, faz menção que “o Juiz da causa aceitou o mencionado recurso, atribuindo a este efeito suspensivo, facto este que vem suspender a aplicação da decisão tomada na Providência Cautelar, nos termos da Lei de Processo Civil em vigor”.

O líder da lista B Paulo Madeira disse, ontem, ao Jornal dos Desportos que tem em sua posse o documento do Tribunal Provincial de Luanda que suspende a Providência Cautelar e, para o bem dos amantes do basquetebol, o advogado da lista aconselhou tornar público o facto. Assim, o grupo eleito para dirigir a Federação Angolana de Basquetebol, nos próximos quatro anos reafirma o seu apreço a todos os convidados para a cerimónia de tomada posse em Benguela. Concorreram às eleições da Federação Angolana de Basquetebol António Henriques, ex-PCA da Televisão Pública de Angola, pela lista B, e Conceição Sampaio, presidente da Associação provincial de Basquetebol de Luanda, pela lista A.

BASQUETEBOL NACIONAL FEMININO

Meias-finais começam no Rio Seco


As meias-finais do Campeonato Nacional sénior feminino são disputadas hoje no pavilhão do Rio Seco, à Maianga. O 1º de Agosto vai ter pela frente o Juventude Viana e o Interclube recebe o Desportivo Maculusso. As militares terminaram a fase regular na primeira posição, com dez pontos, os mesmos que o Interclube, segundo classificado, enquanto o Maculusso foi terceiro e Juventude de Viana o lanterna vermelha. A consagração do 1º de Agosto resulta da vitória sobre o Interclube por mais de nove pontos (por 64-54) na última jornada da fase regular, disputada no pavilhão 28 de Fevereiro. As militares precisavam de superar a desvantagem (56 - 47) em relação às polícias e foram determinadas a retirar a liderança da prova às campeãs nacionais.

O desafio começou com algum domínio das anfitriãs que, através do dinamismo apresentado, obrigaram as visitantes a recuar e partir em jogadas de ataque. Mercê da estratégia, a base Catarina Camufal aproveitou a fragilidade adversária e converteu vários lances na linha dos três pontos. Em resposta, foi notória a entrega da extremo-poste do 1º de Agosto, Nacissela Maurício, que ofuscou a defesa contrária, finalizou inúmeros lances de três pontos, insuficientes, no entanto, para evitar a derrota no primeiro quarto (15-16). As pupilas de Aníbal Moreira mantiveram-se persistentes, pressionaram a formação da Polícia Nacional e aproveitaram a desconcentração das adversárias para igualarem o marcador no segundo tempo, por 29-29, resultado que se registou até ao intervalo.

Na etapa complementar, o duelo ainda era caracterizado por algum equilíbrio, mas o 1º de Agosto, que se apresentou mais firme na execução da defesa à zona, mostrou firmeza na finalização e adiantou-se no placar por três pontos de diferença (66-63) no terceiro período. No quarto e último período de dez minutos da partida, o factor experiência foi determinante para a conquista dos dois pontos. O 1º de Agosto partiu ao ataque exterior, no qual Nacissela Maurícia se destacou nos ressaltos ofensivos e foi a melhor cestinha, com 20 pontos.

20 Comments:

Enviar um comentário

<< Home