Africa Basquetebol

21 junho 2011

ANGOLA : Defesa e ataque atarefam pré-selecção nacional


O seleccionador nacional, Michel Gomez, considerou positivo o trabalho que o “cinco” nacional efectuou nos primeiros quatro dias de estágio, na província de Cabinda. O francês elogiou o comportamento dos atletas, que se mostram motivados e muito participativos nos treinos. “O nosso balanço em Cabinda é positivo, porque estamos a trabalhar muito bem e sinto os jogadores motivados e a participar muito nos treinos. Neste momento, estamos a trabalhar nos aspectos ofensivos, o que cria a ligação de uma equipa, e depois vamos começar a trabalhar nos aspectos defensivos e, mais tarde, tentar ir devagar do ponto vista físico”, disse.

Michel Gomez referiu que ainda não apresentou aos jogadores pré-selecionados a filosofia do grupo para o Africano do Madagáscar, mas considerou que a melhor sensação de momento é sentir que os jogadores estão empenhados nos trabalhos de preparação.
O técnico francês Michel Gomes e os seus adjuntos estão a dar prioridade, nesta fase inicial do estágio em Cabinda, aos aspectos ofensivos em situações de cinco contra cinco, o que tem motivado a equipa técnica, porque se assiste a algumas jogadas de ataque interessantes desenvolvidas pelos jogadores.

“Estamos a trabalhar para cumprir os nossos objectivos, aliás, depois de Cabinda, vamos dar sequência ao nosso estágio em França, Portugal e China. Pensamos que, nestes torneios, poderemos atingir os nossos objectivos”, precisou. O extremo Roberto Fortes disse que o estágio de Cabinda está a correr da melhor maneira, porque o grupo está motivado e todos os atletas estão a dar o seu máximo para terem um lugar na equipa nacional. Para o base Milton Barros, apesar do defeso, a preparação da pré-selecção nacional é positiva. “Todos estão empenhados para poderem atingir os níveis desejados pela equipa técnica”, destacou.

Os aspectos defensivos, lançamentos livres e de campo marcam hoje, terça-feira, 21, a sexta sessão de treinos, da pré-selecção nacional de basquetebol, que cumpre um curto estágio de 12 dias, em Cabinda, visando a sua participação no campeonato africano da categoria, que o Madagáscar acolhe de 17 a 28 de Agosto do ano em curso.

6 Comments:

Enviar um comentário

<< Home