Africa Basquetebol

18 junho 2011

ANGOLA : Selecção ensaia modelo de jogo


Contra-ataque rápido, defesa, bloqueio e lançamentos de três pontos continuam a dominar, hoje, os treinos da selecção nacional sénior masculina de basquetebol, no pavilhão multiusos do Tafe, visando o Afrobásket’2011, a realizar-se de 17 a 29 de Agosto, em Madagáscar.

O técnico francês Michel Gomez e os adjuntos Jaime Covilhã e Artur Casimiro Barros começaram ontem a ensaiar o modelo a adoptar durante o Campeonato Africano de Basquetebol, depois de, no primeiro dia, terem submetido os atletas à recuperação física com futebol de salão. Com o moral em alta, os atletas pré-seleccionados vão competir entre si durante 12 dias, para obter um lugar na lista definitiva. Os aspectos técnicos, tácticos e físicos de cada atleta vão determinar na escolha.

Para constar da lista, Jorge Tati, atleta do Interclube, disse que o grupo está a gostar do novo seleccionador nacional e está empenhado em interiorizar o modelo de jogo. “O técnico nacional está a conhecer os atletas e vamos ajudá-lo para melhorar o nosso trabalho", disse. O extremo da equipa da Polícia Nacional revelou que a língua francesa não constitui entrave na relação com o treinador principal, porque os adjuntos traduzem aos atletas a mensagem de Michel Gomez. "Estamos apenas engajados em cumprir os nossos objectivos", disse.

Simão Santos, extremo-base, disse que está a trabalhar para merecer a confiança do técnico Michel Gomez e a pressão do treinador está a ajudar os jogadores a empenharem-se cada vez mais. "Os trabalhos de preparação estão a correr bem e todo o trabalho deve existir exigências", disse. Para o extremo-base do Recreativo de Libolo, "se não houver empenho, o trabalho é um problema". Quanto à miscelânea de gerações, o basquetebolista disse que "os jovens estão a receber testemunho dos mais velhos com responsabilidade".

6 Comments:

Enviar um comentário

<< Home