Africa Basquetebol

04 novembro 2014

ANGOLA : Cedrick Ison falha Maputo


  Cedrick Ison falha Maputo
Fotografia: Jornal dos Desportos
O extremo base norte-americano Cedrick Ison  vai desfalcar a formação sénior de basquetebol do 1º de Agosto, que de 8 a 15 do mês em curso compete no zonal de Maputo, prova selectiva para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos, em virtude de estar a recuperar de uma intervenção cirúrgica ao tendão de Aquiles, nos Estados Unidos da América.O facto foi dado a conhecer, ontem, ao Jornal dos Desportos, por Paulo Macedo, técnico principal da formação militar, logo após a primeira sessão de treino do dia, realizada no Pavilhão Victorino Cunha.

De acordo com o antigo internacional angolano, hoje nas vestes de "comandante" principal da equipa rubro e negra, o norte-americano naturalizado ruandês dificilmente vai disputar a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos, caso o 1º de Agosto consiga alcançar um dos passes de acesso à final da competição."É um facto consumado que Cedrick Ison vai falhar o zonal de apuramento à fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos, em virtude de estar a recuperar nos EUA da intervenção cirúrgica que sofreu  após o término da época transacta.

Dado a sua preponderância, gostávamos de o ter no grupo, mas, infelizmente, não vai ser possível", lamentou Paulo Macedo.Questionado sobre a data provável de regresso do extremo base às quadras, Paulo Macedo afirmou  não ter a mínima ideia."Pelas informações que recebemos sobre a evolução do atleta, tudo indica que dificilmente  Cedrick Ison vai estar presente na fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos, caso consigamos a qualificação", asseverou.

Paulo Macedo disse ser extremamente importante que o MVP (Jogador Mais Valioso) do BAI Basket de 2013 esteja na sua plenitude visando o resto da temporada 2014-2015.Não queremos forçar o atleta a regressar às quadras sem que  se sinta em condições para jogar sem qualquer limitação.  Cedrick Ison é um atleta preponderante no nosso grupo, por isso, é preferível que  recupere na totalidade", alertou o técnico.Apesar desta contrariedade, o técnico reconhece a luta por um dos passes de acesso à fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos.

"Penso que independentemente da ausência de Cedrick Ison o grupo que cá está vai fazer tudo para conseguir o passe de acesso à fase final.Temos consciência de que vai ser  uma prova difícil mas vamos procurar ultrapassar as barreiras que surgirem", concluiu  Macedo.O zonal de Maputo apura os dois primeiros classificados para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos. O 1.º de Agosto, com oito títulos africanos, é o conjunto mais titulado.Para a "operação Moçambique", Paulo Macedo trabalha com os  atletas: Armando Costa, Francisco Sousa, Hermenegildo Santos, Islando Manuel,Edmir Lucas, Edson Ndoniema, Mohamed Cissé, Agostinho Coelho, Reggie Moore, Joaquim Gomes "Kikas", Felizardo Ambrósio, Mutu Fonseca e Johne Pedro.

Adaptação
Inter trabalha
em Moçambique


A equipa sénior feminina de basquetebol do Grupo Desportivo Interclube realiza hoje a primeira sessão de treinos, em Maputo, capital moçambicana, depois de ter escalado ontem aquele país do Índico, palco do zonal de apuramento para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos, prova a decorrer de 8 a 15 do mês em curso.As polícias vão aproveitar os quadro dias que faltam para o início da competição, para se adaptarem ao clima e ao piso que vai acolher a prova selectiva para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos.

O Recreativo do Libolo, campeão nacional em título, tem viagem marcada para o palco da competição na quinta-feira, e a comitiva militar deixa Luanda apenas na sexta-feira, ou seja, um dia antes do início do zonal de apuramento.Os campeões nacionais fazem-se representar no zonal deMaputo sem quatro das suas principais unidades, Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Braúlio Morais e Francisco Machado.Apesar dessas contrariedades, Norberto Alves,  ao serviço do Recreativo do Libolo, assumiu a luta por um dos passes de acesso à fase final LigaAfricana a nível da bola ao cesto".Entretanto, o Atlético Petróleos de Luanda vai falhar o zonal de apuramento, devido a problemas financeiras.

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home