Africa Basquetebol

29 junho 2013

MOÇAMBIQUE : De 20 a 29 de Setembro em Maputo: Água da Namaacha apoia “Afrobasket”


A EMPRESA Água da Namaacha tornou-se esta semana na primeira companhia a apoiar o Campeonato Africano de Basquetebol sénior feminino, Afrobasket, que terá lugar de 20 a 29 de Setembro na capital do país.


                 
 
No memorando de entendimento assinado ontem com o presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB), Francisco Mabjaia, a empresa disponibiliza-se a fornecer água aos atletas, dirigentes, árbitros e pessoal de apoio que irá escalar Maputo durante o Afrobasket.
Pata Miguel Padrão, director de Marketing da Água da Namaacha, vincou que “é uma honra para a entidade que representa fazer parte dum mega-evento como o Afrobasket feminino, tendo reiterado a disponibilidade da empresa em apoiar não só com água, mas noutros capítulo no âmbito da organização”.
“Somos a primeira empresa a apoiar o evento e esperamos que apareçam outras, pois de apoio o Afrobasket tanto precisa. É um evento que prestigia o nosso basquetebol e o país em geral”, sublinhou. Padrão disse ainda que o apoio será em quantidades de água necessária durante o evento, não havendo volumes especificados.
“Setembro é um mês praticamente de Verão, obviamente que a água é mais consumida e contámos com isso, por isso não podemos dizer agora com que quantidade vamos apoiar. Mas estamos disponíveis a dar tudo quanto podemos. Aliás, afrobasket é um grande evento, cuja organização pelo nosso país é mais uma demonstração da força e união”, repisou.
O presidente da FMB disse, por seu turno, que o apoio da Água da Namaacha é uma mais-valia para o evento e representa o primeiro passo, dado que a empresa é a pioneira a responder à solicitação da federação que dirige.
“Este apoio é de extrema importância para a FMB e para o evento. A água já está garantida para atletas e pessoal de apoio. Esperamos que nos próximos dias outras empresas respondam ao nosso pedido, dado que estamos há poucos meses do campeonato”, apelou.
Mabjaia vincou ainda que já há várias empresas que manifestaram a disponibilidade de apoiar o “Afrobakset”, faltando a formalização das parcerias.
  Em relação à preparação deste campeonato que junta as melhores selecções de África em basquetebol feminino, Mabjaia avançou que no âmbito desportivo a selecção tem estágios agendados para o Japão a partir de amanhã até 3 de Julho, sendo que o próximo será em Portugal, com a duração de sensivelmente duas semanas.
Em Agosto está projectado mais um estágio num dos seguintes três países: China, Brasil ou Cuba.
“Com este plano, acredito que iremos encarar o evento no nosso melhor nível”, conjecturou.
No que diz respeito aos aspectos organizativos, Mabjaia revelou que em Maio, depois do sorteio, os pavilhões do Maxaquene e do Desportivo, que serão anfitriões da prova, foram alvos de inspecção da FIBA-África, sendo que o dos “alvi-negros” foi aprovado e para o do Maxaquene foram deixadas algumas recomendações, sendo que dentro de dias a FMB irá se reunir com a direcção “tricolor” para se limar as “arrestas”.
No âmbito de Marketing disse que a FMB tem estado a estabelecer parcerias com várias empresas, pois são necessários recursos, sobretudo financeiros para o evento.

3 Comments:

Enviar um comentário

<< Home