Africa Basquetebol

13 janeiro 2013

ANGOLA : Madeira toma posse para a FAB


Paulo Alexandre Madeira pretende dar novo impulso à modalidade
Fotografia: Jornal dos Desportos
Paulo Alexandre Madeira, vencedor das eleições para a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), foi ontem empossado, no restaurante Escondidinho, em Benguela, como novo presidente do órgão reitor da modalidade para o quadriénio 2012/2016. A tomada de posse, que inicialmente estava marcada para o dia 22 de Dezembro, ficou suspensa, em virtude das listas A e C, de Conceição Sampaio e António Henriques da Silva, terem apresentado uma Providencia Cautelar, no Tribunal Provincial de Luanda, alegadamente por irregularidades na população votante.
Em face disso, o elenco de Paulo Alexandre Madeira, que nas urnas “arrancou” 20 votos, contra 16 de António Henriques da Silva e quatro de Conceição Sampaio, interpôs no Tribunal Provincial de Luanda um recurso de agravo, tendo o juiz de causa aceite o requerimento de interposição do recurso. A tomada de posse foi muito concorrida pelos amantes da modalidade, que lotaram o restaurante Escondidinho, para testemunharem a “investidura” do novo homem forte da Federação Angolana de Basquetebol para os próximos quatro anos.
Depois do presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Cardoso de Lima, ter dado posse ao presidente da Mesa da Assembleia-Geral, na circunstância, Carlos Cunha, coube a este legitimar os demais membros da lista liderada por Paulo Alexandre Madeira, ex-presidente do Conselho de Disciplina da direcção cessante. Na ocasião, o novo presidente da Federação Angolana de Basquetebol prometeu apostar numa gestão participativa, promovendo o diálogo entre os mais distintos agentes, ou seja, associações províncias, clubes, Associação Nacional de juízes e Cronometristas, entre outros.

A criação de políticas que visam expandir a modalidade em toda a extensão do território nacional é outra das apostas do novo elenco da FAB que, a partir de amanhã, começa a tomar contacto com os dossiers. Do vasto programa de acção para o quadriénio 2012/2016, destaque ainda para o resgate do título africano em seniores masculinos, que este ano é disputado na Costa do Marfim, prova que vai apurar os três representantes africanos para o Campeonato do Mundo de 2014, em Espanha.
A manutenção do título africano, a nível das senhoras, constitui igualmente uma das apostas do actual elenco. Paulo Alexandre Madeira tem como adjuntos na direcção, Gina de Carvalho, Eurico Araújo, Armando Júnior e David Dias, este último ex-internacional angolano. Isabel Major Neto vai ocupar o cargo de secretária-geral da Federação Angolana de Basquetebol. Carlos Cunha preside à presidência da Mesa da Assembleia-Geral, auxiliado por dois vice-presidentes, nomeadamente, Isabel Ceita Bragança e Hélder Martins da Cruz. Júlio Bessa dirige o Conselho Fiscal, ao passo que Adriano Silva e Lino Sebastião são os vogais. O Conselho Jurisdicional é liderado por Manuel Clemente Júnior, tendo como vogais, Ngouaby Mariano Salvador, Fernanda Teixeira, Henrique Bastos e Domingos Simão.

Presença

Gustavo assiste à investidura do novo presidente da FAB


Das várias individualidades ligadas ao desporto que ontem testemunharam em Benguela a tomada de posse do novo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), para os próximos quatro anos, o destaque vai para o presidente cessante, Gustavo Vaz Dias da Conceição, que liderou o órgão reitor da modalidade durante dois mandatos. Durante o acto, o actual presidente do Comité Olímpico Angolano (COA) encorajou o novo “inquilino” da FAB a prosseguir a árdua tarefa de elevar cada vez mais a qualidade do basquetebol angolano, apostando seriamente nas camadas de formação, para garantir a hegemonia, fundamentalmente a nível dos seniores masculinos, onde Angola já logrou a conquista de dez títulos africanos e cinco presenças em Jogos Olímpicos.
Além do director provincial da Juventude e Desportos de Benguela, Pedro Garcia, assistiram ontem à tomada de posse do nono elenco da Federação Angolana de Basquetebol presidentes das associações provinciais da modalidade e representantes de alguns clubes locais. Em Benguela, a lista de Paulo Alexandre Madeira dominou as eleições, tendo conseguido cinco votos contra zero de António Henriques da Silva e Conceição Sampaio. As eleições na Federação Angolana de Basquetebol tiveram lugar a 8 de Dezembro, tendo os resultados definitivos sido divulgados dia 15 do mesmo mês.
MC

5 Comments:

Enviar um comentário

<< Home