Africa Basquetebol

20 setembro 2012

ANGOLA : Angola almeja melhoria do sétimo lugar


Angolanas estão praticamente ambientadas com o clima
Fotografia: Jornal dos Desportos
A Selecção Nacional feminina de basquetebol em sub-18 começa a competir a partir de hoje na XII edição do Campeonato Africano das Nações da categoria (Afrobasket), em Dakar, com o pensamento na melhoria do sétimo lugar alcançado na edição passada. A competição, cujo sorteio foi ontem, disputa-se de 20 a 29 do mês em curso. Desde ontem, na capital senegalesa, as comandadas de Fernando Sapalo ambientam-se ao clima de Dakar, de forma a realizar uma prova sem grandes sobressaltos.

Apesar de não ter realizado o estágio pré-competitivo no exterior do país, tal como era o desejo do seleccionador nacional, a equipa técnica traçou como meta a melhoria do sétimo lugar alcançado na última edição do Afrobasket, disputado no Egipto. Momentos antes do embarque para o local da competição, na última terça-feira, Hilário Filipe, seleccionador adjunto, afirmou aos meios de comunicação social que a preparação na capital do país decorreu da melhor maneira, pelo que espera que as suas pupilas saibam aplicar tudo aquilo que aprenderam durante o Campeonato Africano das Nações da “bola ao cesto”.

“Penso que se as atletas aplicarem tudo que aprenderam durante a competição não temos dúvidas de que podemos melhorar significativamente o sétimo lugar que conseguimos na edição passada. Temos consciência que será uma prova bastante difícil, como de resto tem acontecido nos últimos tempos mas, ainda assim, vamos dar o nosso melhor”, prometeu o seleccionador adjunto. Sob orientação técnica de Fernando Sapalo, coadjuvado por Hilário Filipe, representam o país as basquetebolistas Vitória da Cruz, Luyana Filipe, Helena Viegas, Rosa Gala, Maria Fula, Dalçana Kotti, Elsa Doneth, Vânia Vicente, Francisca Mateus, Feliciana Zuluca, Nicoleth Senguele e Sénia Cazua. As selecções do Egipto (campeão em título), Mali, Moçambique, Quénia, República Democrática do Congo e Senegal, país anfitrião, participam também na competição.

COSTA DO MARFIM
FALHA COMPETIÇÃO

A selecção da Costa do Marfim falha a XII edição do Campeonato Africano das Nações de sub-18, no sector feminino, segundo anunciou o site da organização. A Costa do Marfim alegou falta de verbas como razão da sua ausência. A Nigéria pode falhar também em virtude de até ontem não ter chegado à capital senegalesa.

Nacional
Recreativo do Libolo quer revalidar título


O treinador-adjunto de basquetebol do Recreativo do Libolo, Ricardo Rodrigues, afirmou ontem à Angop, em Benguela, ser objectivo da equipa revalidar o título nacional sénior da modalidade. Ao falar à margem do estágio que efectua desde a semana passada em Benguela, o técnico disse reconhecer que a tarefa é difícil, face ao potencial de adversários como 1º de Agosto, Petro de Luanda e Interclube, que têm o mesmo propósito. Para a concretização do objectivo, o Libolo não “soltou” qualquer atleta do seu plantel do ano anterior e conta com dois jogadores provenientes de Portugal, cujos nomes não foram revelados. A equipa principal de basquetebol do Recreativo do Libolo trabalha desde quinta-feira última na cidade de Benguela, onde prepara a sua participação no torneio de apuramento à Liga dos Clubes Campeões Africanos. Na época 2011/2012, o Recreativo do Libolo sagrou-se pela primeira vez campeão nacional de basquetebol, depois de ter conquistado o segundo e terceiro lugares em anos anteriores.

Universitário
UCAN domina Nacional

A Universidade Católica continua de pedra e cal na liderança do Campeonato Universitário de Andebol no sector feminino, com oito pontos, disputadas que estão quatro jornadas. A Universidade Católica cilindrou a Faculdade de Medicina, por expressivos 35-3 na segunda-feira, no campo de São Domingos. Aliás, o resultado final (35-3) espelha perfeitamente o domínio exercido pela Universidade Católica, que não deu qualquer facilidade à sua opositora que teve que se render à superioridade da Católica. O Instituto Superior Técnico de Angola venceu por falta de comparência (3-0) a Faculdade de Ciências. Universidade Católica ocupa o primeiro posto com oito pontos, seguida do Instituto Superior Técnico de Angola e Universidade Jean Piaget, com sete pontos. A próxima jornada disputa-se neste final de semana.No futebol onze, a Lusíada bateu o Iscisa (Instituto Superior de Ciência da Saúde), por 3-0, e o Isced empatou com a Upra a zero bolas. MC

4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home