Africa Basquetebol

20 maio 2011

ANGOLA : Petro é campeão


O Atlético Petróleos de Luanda conquistou ontem, de forma antecipada, a 33ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos (BAI Basket), ao derrotar no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, a formação do Interclube, por 89-78, em partida referente à segunda jornada da terceira volta da "Final Four". Os petrolíferos da capital entraram apáticos, fundamentalmente, no quarto inicial, fruto da natural ansiedade de festejar à conquista do título nacional que lhes fugia há três temporadas.

A equipa da Polícia surpeendeu a turma petrolífera, tendo conseguido uma vantagem de dez pontos, ao cabo dos primeiros doze minutos (21-31). No segundo quarto, os comandados de Alberto Babo melhoraram a sua defesa assim como o ataque e consegiram um parcial de 23-21, o que perfez 44-52 a favor da equipa visitante. Depois de cumprir o merecido descanço, a formação do Atlético Petróleos de Luanda agigantou-se com Roberto Fortes, Paulo Santana, Roderik Nealy e Carlos Morais a destacarem-se nos lançamentos à longa distância, para a alegria dos adeptos da equipa petrolífera que, até então, estavam adormecidos.

Neste período, a formação do eixo-viário conseguiu 32, contra apenas 12 do conjunto adstrito à Polícia Nacional, que saiu a perder no terceiro período, por 64-76. E com os adeptos a festejarem nas bancadas, os petrolíferos da capital limitaram-se a gerir a vantagem de doze pontos no derradeiro quarto. Nesta etapa, a qualidade de basquetebol baixou consideravelmente, fruto das perdas sistematicas de bola protagonizada pelas duas equipas.

Os polícias anotaram 14 pontos, contra 13 dos petrolíferos da capital, sendo por isso, o período menos produtivo. O norte-americano Roderik Nealy foi o cestinha da partida, com 26 pontos, seguido de Eduardo Mingas, com 23. Kiala foi mais uma vez o rei dos ressaltos, com nove (3/6).A vitória foi eufusivamente festejada pelos adeptos e pelo técnico português Alberto Babo.

Com este triunfo, o Petro somou o seu décimo quarto ponto.Na outra partida da noite, o Libolo derrotou o 1º de Agosto, no Pavilhão Principal, por 95-94. O Libolo ocupa a segunda posição com 12, seguido do Interclube com 11, ao passo que o 1º de Agosto está na última posição com 11 pontos.

Ficha Técnica

Pavilhão Principal: Pouco público
Arbitragem: António Bernardo, Iracelmo Pinto e Clésio Francisco
Comissário: José Kizola
Petro: Yuri Swing (0), Braúlio Morais (6), Roderik Nealy (26), Roberto Fortes (12), Paulo Barros (0), Paulo Santana (9), Miguel Kiala (7), Cedreck Issom (15), Hélder Gonçalves (0), Hermenegildo Mbunga (1), Idelfonso Kiteculo (0), Carlos Morais (13).
Treinador: Alberto Babo
Interclube: Edmundo Ventura (0), Wilson da Mata (0), Eduardo Mingas (23), Simão Panzo (1), Jorge Taty (2), Muamba Ilunga (6), Lifetto Selengue (6), Luís Costa (7), Francisco Machado (0), Euclides Camacho (18), Shanon Croocks (11), Joaquim Xavier (4).
Treinador: José Carlos Guimarães

Marcha do marcador: 21-31, 44-52, 76-64, 89-78

Declarações dos técnicos

Alberto Babo (Petro)
“Dedico esta
vitória à direcção”

O técnico principal do Atlético Petróleos de Luanda, Alberto Babo, dedicou o título da 33ª edição do Campeonato nacional de Basquetebol em seniores masculinos à sua direcção. “Dedico esta vitória à direcção do Petro por nos ter proporcionado as melhores condições de trabalha para que hoje (ontem) a conquista do título nacional fosse uma realidade. Dedico esta vitória, igualmente, a minha esposa e aos meus colegas. Estamos todos de parabéns”, finalizou o técnico luso ao serviço da equipa petrolífera.

José Carlos Guimarães
(Interclube)
“Parabéns ao Petro”

Sempre ao seu jeito de fair-play, o técnico principal do Grupo Desportivo Interclube, deu os parabéns à formação do Petro por ter vencido a 33ª edição do BAI Basket. “Quero dar os meus parabéns ao Petro por ter vencido o jogo e conquistado o título nacional. Nós tentamos dar o nosso melhor mas fomos superados pelo nosso adversário”.

Os dez mais

À entrada da segunda volta da terceira volta do BAI Basket, Carlos Morais, extremo base do Atlético Petróleos de Luanda e da Selecção Nacional, lidera a lista dos melhores marcadores, com 122 pontos. O extremo base dos decacampeões africanos lidera ainda item de melhor assiste, com 27. Já o jovem Miguel Kiala, poste, um dos atletas que deverá merecer a confiança do seleccionador nacional, é o rei dos ressaltos, com 79. Leonel Paulo, do Libolo, lidera em termos de tampões, com 11. Simão Panzo, base do Interclube, lidera, surpreendentemente, na percentagem dos três pontos, com 50. Já nos dois pontos, Olímpio Cipriano, com 67,6 1%. Cipriano comanda ainda na percentagem em lances livres, com 82,1%, Gomes “Kikas”, do 1º de Agosto, é o melhor recuperador, com 20. “Kikas” ostenta ainda o título de MVP, com 168 de valorização. Em termos de perda de bola, Carlos Morais está na frente, com25 perdas. MC

Percurso do Petro na “Final Four”


Os petrolíferos da capital, liderados pelo português Alberto Babo, surpreenderam tudo e todos na “Final Four” da 33ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos. A equipa do Eixo-Viário ocupou o último lugar da fase de grupos, em que foi superada, inclusive, pelo Interclube, depois de terem feito uma má campanha tanto na primeira como na segunda volta da fase regular.Em face disso, não era esperado que aparecesse, nesta derradeira fase da prova, bastante rejuvenescida e fosse capaz de se agigantar perante formações que eram apontados pelos analistas da “bola ao cesto” e pela comunicação social como principais candidatas ao título nacional.

Tanto o 1õ de Agosto, campeão em título e vencedor da fase regular, como o Libolo, que terminou em primeiro lugar a fase de grupos, baquearam diante dos petrolíferos na final a quatro. O percurso triunfal do Atlético Petróleos de Luanda começou frente ao Recreativo do Libolo, a quem venceu por 99-95, na ronda inaugural da “Final Four”. A seguir, a turma petrolífera recebeu e vergou, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, o Interclube, por 87-77.

No encerramento da primeira volta da “Final Four”, os pupilos de Alberto Babo foram ao Pavilhão do Codenm, arrancar uma soberba vitória, frente ao arqui-rival, 1º de Agosto, por 98-93. O Petro reconfirmava, assim, o seu excelente estado de forma desportiva. Na segunda volta, os petrolíferos da capital voltaram a vergar os libolenses, por 89-76, os polícias, por 96-84, e no fecho, deram chapa 100 ao 1º de Agosto (106-88). Na última terça-feira, a equipa do Eixo-viário bateu o Libolo, por 94-89.

Babo conquista título inédito

Alberto Babo, técnico português contratado pela direcção do Atlético Petróleos de Luanda para substituir no cargo Alberto de Carvalho “Ginguba”, conquistou ontem o seu primeiro título a nível da “bola ao cesto”. Babo, que foi "forçado" a rejuvenescer a sua equipa em função da saída massiva de jogadores experientes na altura, vê recompensada a sua aposta nos jogadores jovens, com a conquista da 33ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos. MC

2 Comments:

Enviar um comentário

<< Home