Africa Basquetebol

30 abril 2012

ANGOLA : Petro & D´Agosto lutam pela liderança


Militares e petrolíferos voltam a medir forças no principal jogo da jornada
Fotografia: Jornal dos Desportos
Os amantes da bola ao cesto são contemplados com momentos de grandes emoções quando o 1º de Agosto receber hoje, a partir das18h00, no pavilhão do Codenm, o Atlético Petróleos de Luanda, em partida pontuável para a terceira jornada da série A da fase final do Campeonato Nacional de Basquetebol sénior masculino (Bai Basket).Ambas com seis pontos na tabela classificativa, os rivais estão cientes de que os erros podem comprometer o trabalho levado a cabo durante a época, pois o adversário pode aproveitá-los para se posicionar no lugar mais confortável da tabela e lutar pela sua manutenção rumo à conquista da maior competição no país.

O 1º de Agosto, que recentemente conquistou a 34ª Taça de Angola, está ciente de que o Petro de Luanda vai utilizar os meios necessários para conservar título, o que passa por não desperdiçar pontos na fase derradeira. Por isso vai tratar de proporcionar uma recepção pouco amigável e tirar vantagem da presença em maior escala do seu exigente público.
Depois de bater, por 81-70, o Atlético Sport Aviação de Carlos Dinis, no último sábado, o 1º de Agosto ainda apresenta algumas vulnerabilidades que o Petro de Luanda pode explorar para levar a água ao seu moinho. No entanto, o técnico Mário Palma não permitiu que os seus pupilos ficassem à sombra da bananeira durante o fim-de-semana e procurou montar a estratégia para vencer a formação tricolor.
O Petro de Luanda, que regressou sábado de Cabinda, onde cilindrou o Sporting local por 102-67, também não cruzou os braços ontem e voltou a efectuar uma sessão de treino no eixo viário, virada essencialmente para os aspectos técnicos, uma vez que, segundo Alberto Babo, o esforço do jogo na província mais ao norte do país e o cansaço da viagem condicionaram os trabalhos.Alberto Babo promete apresentar um Petro de Luanda a jogar com eficiência em todas as vertentes, apesar de reconhecer que “será um jogo muito difícil, pois o adversário representa sempre um obstáculo, mas vamos procurar fazer o nosso trabalho com base na organização e obter o resultado a nosso favor”.

5 Comments:

Enviar um comentário

<< Home