Africa Basquetebol

30 maio 2012

ANGOLA : Cipriano já treina

Olímpio Cipriano (ao centro) foi bem recebido pelo grupo de trabalho
Fotografia: Jornal dos Desportos
O internacional angolano Olímpio Cipriano, extremo base, integrou ontem os trabalhos da pré-selecção nacional de basquetebol, que projecta a sua participação no Torneio Pré-olímpico de Caracas, Venezuela, a decorrer de 2 a 8 de Julho próximo, prova selectiva para os Jogos Olímpicos de Londres, competição que arranca a 27 de Julho.Depois de ter falhado a primeira semana de preparação que se resumiu a banhos e massagens, além dos indispensáveis exames médicos e as duas primeiras sessões de treino de campo, realizadas na segunda-feira, no Pavilhão 28 de Fevereiro, o campeão nacional pelo Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul juntou-se ontem, ao grupo de trabalho.

Na única sessão treino de ontem, o MVP (Jogador Mais Valioso) da 34ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos, vulgo BAI Basket, foi a grande atracção da tarde, em que estiveram presente 14 dos 17 pré-seleccionados de José Carlos Guimarães, o novo seleccionador nacional, que tem a incumbência de qualificar o cinco nacional pela sexta vez consecutiva em Jogos Olímpicos. Depois de ter sido recebido pelos seus companheiros e a equipa técnica, Cipriano efectuou alguns lançametos de campo, seguindo-se alguns exercícios no ginásio.

O melhor jogador da actualidade regressa à pré-selecção nacional, depois de ter falhado o Campeonato Africano das Nações da, prova disputada em Antananarivo, capital de Madagáscar, na qual a Selecção Nacional perdeu o título africano para a sua similar da Tunísia.Com a integração de Olímpio Cipriano, o novo seleccionador nacional, José Carlos Guimarães, viu aumentado o leque de opções na posição de extremo.

Eduardo Mingas continua “foragido” da pré-Hoje, a pré-selecção nacional realiza duas sessões de treino no Pavilhão 28 de Fevereiro, uma de manhã e outra à tarde, segundo apurou o Jornal dos Desportos junto do seleccionador nacional.A equipa técnica está a privilegiar os aspectos de técnica individual sem pôr de parte os aspectos de ordem motivacionais, adiantou José Carlos Guimarães.

“Esta semana, já começámos a trabalhar os aspectos tácticos, cinco a cinco, mas temos estado a trabalhar essencialmente aspectos de técnica individual, porque depois de fazermos um levantamento das jogadas de todas as equipas, concluímos que os movimentos diferem apenas do pormenor. Outro aspecto que estamos a trabalhar é o da motivação e a explicar aos atletas o que pretendemos a curto, médio e longo prazo, e a procurar potenciar-nos cada vez mais, face os desafios que se avizinham”, finalizou o novo comandante do cinco nacional.

Entretanto, o extremo base Carlos Almeida, atleta que capitania nesta altura a pré-selecção nacional, é a única preocupação da equipa técnica. O atleta debate-se com problemas físicos e faz trabalhos específicos com o corpo médico, liderado por Agostinho Matamba.Angola vai em busca do passe para os Jogos Olímpicos de Londres que, a acontecer, vai ser a sexta presença consecutiva, depois de Barcelona/1992, Atlanta/1996, Sidney/2000, Atenas/2004 e Pequim/2008.Eis os eleitos de José Carlos Guimarães para a “operação” Caracas, Venezuela: Armando Costa, Carlos Almeida, Joaquim Gomes “Kikas”, Leonel Paulo, Carlos Morais, Roberto Fortes, Paulo Santana, Hermenegildo M’bunga, Paulo Barros, Milton Barros, Jorge Taty, Olímpio Cipriano, Edson N’doniema, Yanick Moreira, Valdelicio Joaquim, Felizardo Ambrósio e Eduardo Mingas.

Estágio
Partida para Espanha é na segunda-feira

A pré-selecção Nacional de basquetebol segue viagem para Espanha na próxima segunda-feira, dia 4 de Julho, palco do primeiro estágio pré-competitivo, resolvidos que estão os problemas administrativos.De acordo com Tony Sofrimento, chefe do Gabinete Técnico e de Formação da Federação Angolana de Basquetebol, as questões burocráticas que impediram a pré-selecção nacional de seguir viagem no passado dia 28 estão totalmente resolvidas, pelo que o grupo deve deixar a capital do país, na próxima semana.

“Felizmente, temos tudo preparado para que a pré-selecção nacional possa embarcar na próxima segunda-feira para Espanha, a fim de dar seguimento à sua preparação. As questões administrativas estão resolvidas e o embarque do grupo no dia 4 de Julho vai ser um facto”, garantiu o executivo da Federação Angolana de Basquetebol, que reiterou o objectivo da Selecção Nacional, que passa pelo alcance do passe para os Jogos Olímpicos de Londres.
Em Espanha, o cinco nacional tem dois jogos amistosos previstos, frente às selecções das Astúrias e do País Basco.Posteriormente, o grupo segue para o Brasil, mais concretamente para São Paulo, onde está previsto um amistoso frente a uma equipa profissional daquele país.No palco da competição, o nacional vai disputar um torneio internacional, de 27 a 29, com as selecções da Jordânia, República Dominicana e a Venezuela, país anfitrião.A sua estreia no Torneio Pré-olímpico, em Caracas, acontece no dia 2 de Julho diante da Macedónia, dois dias depois defrontam a Nova Zelândia, na última jornada da primeira fase desta prova qualificativa para os Jogos Olímpicos de Londres2012.

Integração
Valdelicio pode chegara qualquer momento

O poste Valdelicio Joaquim, atleta que milita numa das universidade dos Estados Unidos, pode chegar a Luanda a qualquer momento, para integrar os trabalhos da pré-selecção nacional, que prepara a sua participação no Torneio Pré-olímpico de Caracas, competição a disputar-se de 2 a 8 de Julho próximo.“O Valdelicio Joaquim pode escalar o país a qualquer momento para se juntar ao grupo de trabalho. Como se sabe, a direcção da federação tem feito um esforço no sentido de pôr tudo à disposição do seleccionador nacional para que consiga qualificar a Selecção Nacional para os Jogos Olímpicos de Londres”, disse, Tony Sofrimento.Yanick Moreira, que também joga nos Estados Unidos, apenas se junta ao grupo de 17 convocados na próxima semana.

Constatação
José Carlos Guimarães destaca espírito de grupo

A entrega total aos trabalhos por parte dos pré-seleccionados tem deixado satisfeita a equipa técnica liderada por José Carlos Guimarães, antigo internacional angolano.Começámos com os trabalhos na semana passada e privilegiámos os banhos e massagens. Esta semana arrancámos com os trabalhos de campo e devo realçar o empenho de todos os atletas, porque quando assim acontece só podemos estar satisfeitos.”Para o seleccionador, o seu grupo vale como um todo, daí que os escolhidos para a “operação” Caracas devam lutar por um só objectivo, que é a qualificação para os Jogos Olímpicos de Londres, tarefa que reconhece ser difícil, mas não impossível.

4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home