Africa Basquetebol

28 janeiro 2012

ANGOLA : Libolo defronta o Petro no destaque da jornada

As formações do Recreativo do Libolo e Petro de Luanda defrontam-se hoje, às 18h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, em desafio referente à sexta jornada da 34ª edição do Campeonato Nacional de Basquetebol em seniores masculinos. Libolenses e “petrolíferos” batem-se pela segunda vez na presente época desportiva, depois de se terem defrontado na final da Supertaça Wlademiro Romero. O desafio é de extrema importância para o grémio do Kwanza-Sul, dirigido pelo técnico angolano Raul Duarte, que nas duas primeiras jornadas após o fim da greve dos árbitros, averbaram duas derrotas.

Daí que um novo desaire logo mais, frente a formação do Eixo Viário, deixa o representante de Calulo mais distante dos seus principais concorrentes à conquista do ceptro nacional, que são 1º de Agosto, Petro de Luanda e Interclube. Apesar do desgaste físico, a equipa do Libolo vai procurar ultrapassar a jovem formação do Petro de Luanda, actual campeã nacional em título. Com algumas limitações do seu conjunto, fruto das lesões, Raul Duarte não pensa noutro resultado senão a vitória, objectivo também perseguido pelos petrolíferos da capital.
O base Paulo Santana, continua a ser a única preocupação do técnico português ao serviço da equipa “petrolífera”, Alberto Babo. O internacional angolano recupera de forma satisfatória da lesão que o apoquentava. O Libolo tem Olímpio Cipriano e Escórcio António, duas das suas principais unidades, em condições limitadas. O equilíbrio vai por certo dominar o desafio, a julgar pela qualidade dos dois plantéis. O Pavilhão Principal da Cidadela pode registar hoje casa cheia. A sexta jornada abre às 15h00, com a equipa do Vila Clotilde a receber, no Pavilhão Principal, o ASA. O Interclube mede forças no seu reduto com a equipa da Lusíada, às 16h00.
Eis o cartaz completo: Cduan-1º de Agosto, às 18h00, no Rio Seco, e Clube Vila Estoril-Sporting de Cabinda, às 18h00, no Pavilhão Anexo número dois. Petro de Luanda e 1º de Agosto lideram o campeonato, ambos com dez pontos.

Recreativo do Libolo quebra invencibilidade do D´Agosto
Já com a integração do internacional angolano, Olímpio Cipriano, extremo base, atleta que esteve a contas com uma lesão, a formação do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul surpreendeu, ontem ,o 1º de Agosto, em pleno Pavilhão do Codenm, e derrotou-o, por 71-80, em desafio a contar para quinta jornada do BAI Basket. Ao intervalo, os libolenses venciam por 48-31. Ao contrário do que se espera, a partida foi inteiramente dominada pelos “forasteiros”, que foram superiores em todos os aspectos, ante um 1º de Agosto, que diga-se, esteve simplesmente irreconhecível, fundamentalmente no segundo e terceiro período, respectivamente.
A vantagem do Libolo chegou a 26 pontos, ainda no terceiro quarto, para a tristeza dos adeptos militares que ontem lotaram por completo o Pavilhão do Codenm. Carlos Almeida, cestinha do desafio, com 19 pontos, foi a única unidade em destaque no 1º de Agosto, que averba assim, a sua primeira derrota no “Nacional”. Depois de estar a vencer por uma vantagem de 26 pontos já quarto derradeiro, Raul Duarte fez descansar as suas principais unidades, em virtude do desafio desta noite, no Pavilhão Principal da Cidadela, frente ao Petro de Luanda.
Nesta etapa o Clube Central das Forças Armadas Angolanas conseguiu reduzir para nove pontos (71-80). Olímpio Cipriano com 17 pontos e 28 de valorização foi o grande destaque da equipa do Kwanza-Sul. Nos lançamentos a longa distância, o Libolo conseguiu 37% (10/27), contra 21% (7/33) do seu opositor. Nos dois pontos, os libolenses também se superiorizaram, 48% (16/33), contra 43% (16/37) do dos militares. Em termos de ressaltos, o Libolo conseguiu 47, ao passo que o 1º de Agosto não foi para além de 44 ressaltos. MC
Ficha técnica
Pavilhão do Codenm: Cerca de oitocentos adeptos
Arbitragem: Carlos Júlio, Osvaldo Neto e Wilson Boaventura.
1º de Agosto: Domingos Bonifácio (4), Felipe Abraão (0), Armando Costa (9), Mário Correia (4), Felizardo Ambrósio (5), Joaquim Gomes “Kikas” (7), Carlos Almeida (19), Miguel Lutonda (4), Leonel Paulo (6), Hermenegildo Santos (5), Islando Manuel (0), Reggie Moore (8).
Treinador: Mário Palma
Libolo: José Salvador (7), Olímpio Cipriano (17), Luís Costa (9), Francisco Sousa (11), Edson Ndoniema (15), Mayzer Alexandre (0), Vladimir Ricardino (2), Abdel Bouckar (7), Idelfonso Kiteculo (0), Tommie Eddie (12), Mutu Fonseca (0), Edson Hilukilwa (0)
Treinador: Raul Duarte
Marcha do marcador:
16-23, 31-48, 54-72, 71-80

Raul indignado com a FAB
O técnico principal do Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, Raul Duarte, mostrou-se indignado com a área técnica da Federação Angolana de Basquetebol, em virtude desta ter recusado remarcar uma das partidas da dupla ronda do fim-de-semana do grémio do Kwanza-Sul. “Lamentamos profundamente a forma como a direcção da Federação Angolana de Basquetebol tem tratado o Recreativo do Libolo do Kwanza-Sul, uma agremiação que apesar dos seus quatro anos de existência tem contribuído para o engrandecimento do basquetebol angolano.
Não compreendemos como é que a nós, nos foi recusado a remarcação de um dos nossos jogos e, curiosamente hoje (ontem) recebemos um comunicado, dando conta da remarcação do jogo entre 1º de Agosto e Petro de Luanda”, desabafou o técnico do Libolo. Raul Duarte pediu mesmo para que a FAB passe a respeitar cada vez mais o grémio do Kwanza-Sul, tal como faz com os outros emblemas. MC

3 Comments:

Enviar um comentário

<< Home