Africa Basquetebol

23 maio 2007

ANGOLA : Petro `bate´ 1º de Agosto e está a um passo da revalidação do título

Os petrolíferos da capital venceram pela 5ª vez consecutiva o 1ºde Agosto

Luanda, 23/05 - O Petro de Luanda venceu pela quinta vez consecutiva o 1º de Agosto em partida da segunda volta do Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol e tem caminho aberto para conquistar o título.

A faltarem duas voltas para terminar a prova, os "petrolíferos" têm quase garantida a manutenção do troféu, beneficiando da vitória do Interclube sobre o seu rival 1º de Agosto na primeira volta.

Deste modo, o Petro de Luanda precisa apenas de vencer o Interclube e o ASA para definitivamente abrir o champanhe, mesmo que perca os dois encontros que faltam frente aos "militares" (3ª e 4ª volta).
Tendo em conta a diferença em termos de plantéis e a motivação da equipa, as vitórias diante dos "polícias" e "aviadores" são previsíveis.
Esta noite os "tricolores" confirmaram o bom momento de forma que atravessam ultrapassando, num desafio equilibrado, o 1º de Agosto a um segundo do final do jogo.
Depois de um primeiro período bem disputado, onde os "rubro-negros" terminaram em vantagem (24-23), no segundo quarto os pupilos de "Ginguba" conseguiram impor outro ritmo, obrigando o adversário a mudanças tácticas.
Nesta altura, o 1º de Agosto começou a marcar a homem a homem, ao contrário da marcação à zona usada nos minutos iniciais.
A mudança defensiva não resultou e o Petro de Luanda conseguiu dar a volta ao marcador, terminando a primeira parte em vantagem (51-42).
No reatamento, os campeões nacionais entraram melhor, evidenciando maior frescura física não tiveram dificuldades para manter a vantagem até ao fim do terceiro período (66-58).
No quarto decisivo os "militares" foram superiores, com muita experiência conseguiram reduzir para um ponto a diferença (73-72) a seis minutos do final e um minuto depois o marcador já registava uma igualdade (74-74).

Seguiu-se um período onde as duas equipas foram cometendo muitos erros, até que os "petrolíferos" assumiram novamente a liderança no marcador (83-80), mas Olímpio Cipriano anulou a vantagem a 10 segundos do término do encontro com um triplo.

Na reposição da bola o Petro de Luanda gere a posse de bola durante nove segundos e no acto de lançamento o norte-americano Frederick Gentry sofre falta e beneficia de dois lances livres.

O poste falha o primeiro e converte o segundo fixando o resultado em 84-83. Os "rubro-negros" ainda tentaram marcar no último segundo, mas a bola não entrou.

Com esta vitória o Petro de Luanda soma 12 pontos na primeira posição, mais três que o seu adversário desta noite.

Com arbitragem de Fernando Pacheco, Domingos Simão e David Manuel as equipas alinharam da seguinte forma:

Petro de Luanda: Eduardo Mingas (08), Luís Costa (06), Carlos Morais (12), Frederick Gentry (14), Shannon Croocks (16), Idelfonso Kiteculo (00), Francisco Horácio (00), Milton Barros (11), Francisco Jordão (07), Victor de Carvalho (07), Domingos Bonifácio (03), Fernando Albano (00).

1º de Agosto: Mayzer Alexandre (00), Carlos Almeida (05), Armando Costa (18), Olímpio Cipriano (18), Kikas Gomes (11), Felizardo Ambrósio (06), Vlademir Ricardino (12), Victor Muzadi (01), Walter Costa (03), Miguel Lutonda (03), Mbuila Katiavala (00), Gerson Monteiro (06).


4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home