Africa Basquetebol

29 setembro 2006

MOÇAMBIQUE : Campeonato regressa com o velho "derby


MESMO no epílogo da segunda volta, e quando ainda não há uma definição exacta em relação às quatro posições cimeiras que dão acesso à fase dos "play off", o Campeonato de Basquetebol de Seniores Masculinos da Cidade de Maputo/Aeroportos de Moçambique continua a atrair as atenções dos amantes da modalidade, não somente pelo nível competitivo e equilibrado que as formações participantes vêm emprestando à prova, como também pelas surpresas que cada jornada nos oferece, o que aumenta ainda mais a expectativa à volta do que irá acontecer futuramente, embora "a priori" se saiba que o campeão deverá sair do triunvirato constituído pelo Maxaquene, Desportivo e Ferroviário.

Maputo, Sexta-Feira, 29 de Setembro de 2006:: Notícias
Depois de os "locomotivas" terem somado uma sucessão de derrotas, facto que coincidiu com a melhor fase dos seus mais directos adversários, chegou a pairar no ar o espectro de um grande fosso na tabela classificativa, só que, a uma dada altura, também "alvi-negros", sobretudo estes, e "tricolores" entraram praticamente em derrapagem, permitindo ao Ferroviário, ora treinado pelo jovem técnico Carlos Alberto Niquice (Bitcho) recuperar terreno e projectar a discussão do título para outros patamares. Apesar de tudo, o Maxaquene mantém a liderança da prova, fruto de exibições globalmente de grande nível, demonstrativo do excelente trabalho técnico-táctico e psicológico levado a cabo por Horácio Martins. Mas, como sói dizer-se, não há bela sem não e, no caso concreto dos "tricolores", as derrotas frente ao Ferroviário e ao emergente Costa do Sol vieram travar o seu ímpeto demolidor. A mesma situação, mas de uma forma mais acentuada, foi vivida pelo Desportivo, quando, num ápice, teve três desaires consecutivos, frente ao Maxaquene, Conseng – a derrota menos esperada de todas – e Costa do Sol, este último a iniciar uma fase sensacional e que lhe pode trazer resultados frutuosos.
TERCEIRA VOLTA DECISIVA

Maputo, Sexta-Feira, 29 de Setembro de 2006:: Notícias
Esta noite, o velho "derby" entre Maxaquene e Desportivo está na crista da onda, com "todo o mundo" esperançado num grande espectáculo de basquetebol. Será o segundo encontro entre si num espaço de uma semana, depois de, no pretérito domingo, em Lichinga, se terem defrontado na final do torneio quadrangular promovido por ocasião da inauguração do pavilhão desportivo da capital provincial do Niassa. Na ocasião, os "tricolores" ganharam por 86-80, após prolongamento, uma vez que os 40 minutos regulamentares expiraram com um empate a 76 pontos. O desafio de hoje tem como palco o pavilhão do Maxaquene, a partir das 20.00 horas, antecedido do embate entre Conseng e Costa do Sol, às 18.45. Outra partida desta nona jornada acontecerá na Universidade, colocando frente-a-frente Académica e Ferroviário, às 19.00 horas. Amanhã, concluiu-se a segunda volta do campeonato, com os três jogos a decorrerem no recinto da UEM, obedecendo ao seguinte programa: Conseng-Maxaquene (15.00 horas), Costa do Sol-Ferroviário (16.00) e Académica-Desportivo (17.00). Em femininos, realizou-se ontem à noite uma partida, Académica-Maxaquene, estando o campeonato interrompido, devido à deslocação da Selecção Nacional a Macau, onde vai tomar parte nos Jogos da Lusofonia.

4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home