Africa Basquetebol

21 agosto 2006

ANGOLA : Qualificação para os oitavos deveu-se ao trabalho interno

A qualificação da selecção nacional de basquetebol sénior masculina aos oitavos de final do Mundial a decorrer no Japão, é fruto do trabalho interno efectuado pelos treinadores e federação, afirmou hoje o técnico do Interclube, Manuel de Sousa "Necas".

Em declarações à Angop, depois da vitória de Angola diante da Nova Zelândia (95-73), disse que os técnicos angolanos têm se empenhado no desenvolvimento do basquetebol nacional desde a preparação dos jogadores, que se reflecte na selecção.

Indicou que a federação angolana muito tem feito para manter os níveis da modalidade no país, realçando a formação e projecção de treinadores.

Hoje, depois da partida com os neozelandeses o selecionador Alberto de Carvalho "Ginguba" dedicou a vitória aos técnicos angolanos.

Necas que diversas vezes representou o cinco nacional, com quem foi campeão africano, salientou igualmente a determinação e humildade dos jogadores angolanos nas partidas já disputadas. "Temos uma equipa muito humilde, se continuar assim pode ir longe", acrescentou.

Quanto ao jogo de quarta-feira, com a Espanha, referiu que acredita numa surpresa dos octocampeões africanos, mas realça que uma derrota por poucos pontos de diferença como um bom resultado.

"Temos que ser realistas. A Espanha é candidata a conquista do título, joga um basquetebol muito evoluído e as hipóteses de vencermos são remotas. Contudo, como angolano espero que ganhemos o desafio", frisou.

Depois de três jornadas, Angola lidera o grupo B, com igual número de vitórias. Derrotou o Panamá, Japão e Nova Zelândia por 83-70, 87-62 e 95-73, respectivamente.

4 Comments:

Enviar um comentário

<< Home